Debate sobre as novas linhas de procedimento de conformidade das ajudas e de estimativa dos riscos para reduzir o número de correções financeiras nos próximos anos.

Seresco, empresa espanhola especializada em soluções tecnológicas e serviços TIC, e Qcom.es, portal agroalimentar, organizaram a jornada "El papel de la Unión Europea en los controles y auditorías de las ayudas europeas" com o objetivo de debater sobre o novo quadro europeu relativo à auditoria das ajudas da PAC, em vigor a partir de janeiro de 2017.

As linhas de ação para acelerar os procedimentos de conformidade dos Estados-Membros e realizar uma melhor estimativa do risco das ajudas foram expostas por parte da diretora da Auditoria às Despesas Agrícolas da Direção-Geral da Agricultura e Desenvolvimento Rural da Comissão Europeia, Christina Borchmann. Assim, Borchmann realçou que a Comissão Europeia irá estabelecer correções financeiras mais elevadas se, após dois anos, os erros detetados na atribuição dos fundos não forem corrigidos, de modo a garantir a precisão e correção das contas.

A jornada também contou com as intervenções de Ignacio Sánchez, presidente do "Fondo Español de Garantía Agraria (FEGA)", e Manuel Busto, diretor geral da Seresco, que realçou o papel da empresa no "acompanhamento dos diferentes atores do setor agrícola, públicos e privados, há mais de 30 anos, ao proporcionar-lhes desenvolvimentos tecnológicos adaptados às suas necessidades".

Atualmente a Seresco presta serviços TIC e colabora com diferentes Administrações no desenvolvimento de soluções tecnológicas para a otimização do setor agrícola. A empresa também desenvolveu a Cultiva Decisiones, uma plataforma pioneira quanto à viticultura de precisão que permite melhorar a tomada de decisões, ao agir no cuidado da uva desde a origem.

Organizada em Madrid, a jornada juntou os principais representantes do setor agrícola na Administração e nas Comunidades Autónomas, assim como os profissionais dos organismos de certificação do Estado.

Asistentes al Foro de Alimentación de Seresco y Qcom.es